terça-feira, 28 de julho de 2015

Realização pela doação


Por Mônica Mendes Alves*

O voluntário é todo aquele que no seu interesse pessoal, dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma a diversas formas de atividades de bem estar social, organizadas ou não.

Creio eu que, todo voluntário é um agente de transformação, que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade; doando seu tempo e conhecimentos, realizando um trabalho gerado pela energia de seu próprio impulso solidário, atendendo tanto às necessidades do próximo, como às suas próprias motivações pessoais, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político ou emocional.

Quando me refiro ao voluntário, engajado, participante e consciente, diferencio também o seu grau de comprometimento, pois existem ações pontuais, temporárias e até mesmo as esporádicas. Esses trabalhos podem acontecer em hospitais, clínicas, abrigos de idosos, ou até mesmo em centro comunitários.

Enfim.... cada trabalho que me envolvo, que participo, me sinto renovada, transformada... Ver a alegria em cada trabalho realizado, ver a satisfação que cada um tem, me deixa mais em paz comigo.

Esse trabalho é tão gratificante que aqui mesmo no Brasil, o Dia Nacional do Voluntariado foi instituído em 28/08/1985 e, internacionalmente é comemorada a data é comemorada em 5 de dezembro. A data foi proclamada pela ONU também em 1985, ambas com o objetivo de reconhecer e destacar a ação das pessoas que doam tempo e talento para causas de interesse pessoal e o bem da comunidade geral.

*atualmente Mônica Mendes Alves é voluntária no Albergue Noturno Pousada da Paz, de Tubarão, onde é professora do curso de informática básica.