quinta-feira, 27 de agosto de 2015

É coisa de maluco???

Por Liti Marguerita

Dia 27 de agosto é momento de homenagear um profissional pelo qual tenho a maior admiração e respeito pelo trabalho: o psicólogo. Como em quase todas as profissões, existe ainda muita confusão sobre o papel do psicólogo. Eu já ouvi algumas coisas bizarras sobre terapia, tipo: "pra me dar conselhos eu tenho meus amigos". Terapia não tem nada a ver com conversa entre amigos, minha gente! Mas ninguém melhor pra detalhar e explicar isso do que uma psicóloga, que vivencia essas situações e topou escrever para o Resenhas Femininas, detalhando o papel desse profissional. Hoje, o texto colaborativo vem da psicóloga Bárbara Felisbino, que não apenas fez um texto para o blog, mas conseguiu abordar o assunto de uma forma leve e divertida. 

A todos os psicólogos, parabéns e obrigada pelo importante papel e trabalho desempenhado!


Por Bárbara Felisbino

E a conversa seguia animadamente:




- Paulo você sabe que dia é hoje?

- Ah Bárbara, essa é fácil, 27 de agosto!

- Tá, mas você sabe o que se comemora hoje?

- Ah! E como é que vou saber? Tenho cara de calendário por acaso!?

- É, deixa olhar...

- Olha! mas me diz então sua sabichona, é dia do que hoje?

- Hoje é dia do psicólogo!

- Ui! e como é que eu ia saber! Não sou doido, não preciso disso não!

- Mas tu é mesmo tolo, né? E quem disse que psicólogo trata de gente doida?

- E não é?

- É não! O psicólogo é o profissional que trata problemas emocionais das pessoas. ajuda a entender o que está acontecendo e porque isso acontece.

- Explica melhor!

- Então, esse profissional ajuda as pessoas a compreender seus dramas, por exemplo: no caso de um divórcio, na perda de alguém amado, problemas da adolescência, problemas de saúde, doenças terminais, separação, mudanças de emprego, problemas escolares, e até mesmo problemas psiquiátricos! Também ajuda muito nos casos de fobias, medos, insegurança, ansiedade e depressão.

- Quer dizer que o psicólogo pode ajudar em todas essas áreas? Eu sempre acreditei que esse profissional só ajudava pessoas doidinhas, assim como você!

- Engraçadinho!

- Mas como ele faz isso? Ele só ouve as pessoas, até onde sei. E pra mim, isso é sim coisa de gente doida!

- Paulo, o psicólogo atende individualmente ou em grupos. Pode também atender famílias, casais,  ministrar palestras, orientar e até mesmo em alguns casos, ajudar na prevenção de um problema maior. Ele usa técnicas estudadas na faculdade, em cursos de pós graduação ou de maneira particular.
O psicólogo também utiliza várias técnicas e abordagens, cada uma de acordo com a clientela que ele atende, entendeu?

- Você está querendo dizer que se eu estiver sentindo algum tipo de angústia de insegurança ou até mesmo alguma dúvida, o psicólogo pode me ajudar?

- Bem Paulo, não é tão simples assim! Psicólogo não faz milagres. Ele faz com que você consiga entender os caminhos que pode seguir para resolver tuas questões, mas a escolha é sua. Ele vai te esclarecer caminhos e ajudar a encontrar as respostas.

- Hum! estou entendendo! E esse profissional é legalizado?

- Claro, né? Através de um conselho próprio. E as técnicas utilizadas são reconhecidas por este conselho, ou seja, o psicólogo pode e deve ser levado a sério.

- Acho que você me convenceu de uma coisa, vou fazer terapia!

- Fico feliz, você vai gostar!

Saiba mais:
http://www.institutocrescer.com/2013/02/entenda-o-que-e-um-psicologo-e-como-ele.html