sábado, 8 de agosto de 2015

O vento

O vento que agora sopra
Leva consigo nossa vida
Mas não é capaz de levar os sonhos
E continuarei a sonhar
Quando você partir

O vento que agora sopra
Leva teu ser junto consigo
Mas não é capaz
De levar as lembranças
E nelas me consolarei
Quando daqui se for

O vento que agora sopra
Pode revirar toda minha vida
Te levando pra longe de mim
Mas não é capaz
De levar o amor
E ele sobreviverá eternamente
Mesmo que tu não estejas aqui

O vento que agora sobra
Traz a morte de um momento
Mas me ensinaste que morrer é recomeçar
Então, já não temo e não choro
Pois levo a certeza de um dia
Te reencontrar. 

à esta alma que me acompanha e orienta, meu amor incondicional e eterno.