sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Tema de um amor ou roubando letras

Eu sei que vou te amar, por toda minha vida, vou te amar, mesmo em cada despedida, ainda vou te amar. Porque o meu amor não será passageiro, eu te amarei de janeiro a janeiro até o mundo acabar. E se todos fossem iguais a você, existiria verdade, verdade que ninguém vê. Por isso, ainda bem que agora encontrei você. Eu realmente não sei, o que fiz pra merecer, você.  

Mas agora, não sei o que que eu vou fazer pra te lembrar como tantos que eu conheço e esqueço de amar. Porque eu mudaria meus sonhos pra ficar na sua vida. E o meu coração ateu quase acreditou, na tua mão que não passou de um leve adeus. Ah se eu soubesse não caia na tua conversa mole outra vez. Não dava mole à tua pessoa. Te abandonava prostrado aos meus pés. Fugia nos braços de um outro rapaz. 

Mas amor, eu sinto a sua falta, e a falta é a morte da esperança. Porque entre palavras não ditas, ficaram tantas palavras de amor. Essa paixão é antiga, e o tempo nunca passou. E, na verdade, eu sei que você não vale nada, mas eu gosto de você. 

(Aqui temos Vinícius de Moraes e Tom Jobim, Roberta Campos, Marisa Monte e Arnaldo Antunes, Nei Lisboa, Ana Carolina, Chiara Civello e Dudu Falcão, Sueli Costa, Chico Buarque, Nando Reis,  Giuseppe Anastasi (La Notte) - versão de Tiê, Rita Wainer, Andre Whoong e Adriano Cinta, e  Dorgival Dantas)







domingo, 14 de agosto de 2016

Sim, o amor é sem fim

E então, quase sem sentir, eu lembro de você.

Uma frase que você dizia que vem no meio de um conselho para uma amiga.

Uma lembrança de coisas engraçadas que você fazia. 

Uma situação que puxa uma história de tantos momentos juntos.

Um jeito de falar que lembra o seu.

Então eu olho em volta e vejo meu irmão falar com a filha como você fazia comigo. 

E vejo minha irmã ter um comportamento igual ao seu na direção. 

E pego em mim mesma uma forma de falar igual a sua. 

Um pensamento me vem e então eu lembro que uma vez falamos sobre isso. 

E então eu sei que você não morreu, porque você está em tudo que eu faço. 

E quando eu me sinto triste e frágil, eu olho pra algum lugar no céu, no chão, no ar, dentro de mim e vejo você me dizendo que é quando eu fico mais frágil que eu fico mais forte. 

E apesar de ainda achar que teria sido maravilhoso ter tido a oportunidade de ver você ficar velhinho ao meu lado aqui nesta existência, eu sou imensamente grata por saber que você faz parte da minha vida, que é eterna. 

Obrigada pai. Obrigada pai celeste por ter me dado a chance de ter nesta existência o pai que tenho. E que ele esteja banhado da tua luz. 

















quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Antes de

Eu vou ter que te degustar
Eu vou ter que te mastigar
Eu vou ter que te saborear
Eu vou ter que te engolir
Eu vou ter que te deglutir
Eu vou ter que me engasgar
E ainda te digerir
E você não vai me envenenar
Antes de eu te expelir.